MEI ou CNPJ: qual o mais vantajoso? Conheça as vantagens e desvantagens!

Imagem Blog Dpg 53 - Cibertec Contabilidade e Assessoria | Rio Grande do Sul - Brasil

Compartilhe nas redes!

Atualizado em abril de 2023

MEI ou CNPJ: saiba qual é o modelo ideal para você

 Está indeciso entre ser MEI ou CNPJ? Veja agora todas as informações importantes sobre cada um deles para escolher o melhor para você!

E aí, está pensando em empreender e se formalizar, mas aquela dúvida entre MEI ou CNPJ surgiu?

Bem, essa é uma das primeiras coisas que você precisa decidir. Ambas têm vantagens e desvantagens, então é importante avaliar qual é a melhor especificamente para você.

Se você não sabe como avaliar isso, não se preocupe, pois, neste artigo, vamos analisar as diferenças entre MEI e CNPJ, bem como as vantagens e desvantagens de cada um, para que você possa fazer uma escolha estudada e eficaz.

Vamos lá?

MEI ou CNPJ? Qual a diferença entre eles?

Antes de mais nada, é importante destacar que o MEI, ao se formalizar, recebe um número de CNPJ. No entanto, o MEI não é considerado uma empresa, afinal, o regime não pode ter sócios e existem outras inúmeras restrições.

Para facilitar o entendimento, podemos dizer que o MEI é um modelo simplificado para a legalização das atividades exercidas por empreendedores individuais que recebem até um determinado teto.

Quando se fala da abertura de um CNPJ para empresas, é necessário analisar diversas situações que englobam a formalização desse tipo de negócio. 

O número de identificação é único e dado a todas as empresas, independentemente de seu tipo, tais como, ME, EPP, etc. 

Vamos entender melhor como cada um funciona.

O que é MEI?

MEI é a sigla para Microempreendedor Individual, trata-se de um tipo de registro empresarial criado pelo governo brasileiro em 2009. O principal objetivo do MEI é justamente a formalização.

Com a criação do sistema, o Governo gerou oportunidade de formalização para pequenos empreendedores. Para se cadastrar como Microempreendedor Individual, é necessário ter um faturamento anual de até R$ 81 mil e efetuar atividades dentro das CNAEs permitidas.

É necessário ter em mente que, ao optar por ele, o empreendedor não deve fazer nenhuma escolha jurídica ou tributária, tendo em vista que o MEI já é considerado a estrutura jurídica e tributária, definida com base no Simples Nacional. 

A diferença aqui é que a tributação do MEI tem o valor fixo mensal, obedecendo à atividade exercida.

Vantagens do MEI

O MEI é um regime que busca incentivar e simplificar a formalização dos pequenos empreendedores, por isso, é repleto de vantagens. Dentre as principais estão:

  • Simplicidade de abertura;
  • Isenção de taxas de abertura;
  • Benefícios previdenciários (aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, entre outros);
  • Tributação simplificada pelo DAS (valor fixo mensal de imposto, que engloba todos os tributos). 

As desvantagens do MEI

  • Limite de faturamento anual;
  • Restrições de atividades;
  • Dificuldade para ter mais espaço no mercado.

O que é CNPJ?

O CNPJ ou Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica é um registro que identifica as empresas perante o governo brasileiro.

Todas as empresas precisam ter CNPJ para emitir notas fiscais, contratar funcionários, obter empréstimos e outras atividades do cotidiano empresarial.

Quando o empreendedor resolve abrir uma empresa, ele deve escolher o regime jurídico, porte da empresa e o regime tributário.

O empresário pode abrir uma empresa no Simples Nacional para fins de tributação simplificado. No entanto, é necessário observar as circunstâncias para determinar se há a necessidade ou é benéfico atuar como Lucro Presumido ou Real.

Vantagens do CNPJ

  • Maior possibilidade de crescimento;
  • Maior credibilidade no mercado;
  • Flexibilidade de atividades permitidas;
  • Contratação de mais funcionários (o MEI pode ter apenas um funcionário).

Desvantagens do CNPJ

  • Maior complexidade tributária;
  • Custo mais elevado;
  • Mais obrigações trabalhistas, fiscais e acessórias;
  • Sem acesso a benefícios previdenciários.

Descubra qual é a melhor opção entre MEI e CNPJ e saiba como formalizar

Ao analisar o artigo, fica claro que o MEI é mais indicado para quem está começando um negócio e não tem uma receita tão grande.

Já o CNPJ é mais adequado para empresas que já têm um certo porte e desejam crescer com mais rapidez.

Ambos os casos exigem a regularização de forma correta e apresentam obrigações que o empreendedor deve cumprir.

Se você ainda tem dúvidas sobre qual opção escolher e como deve gerenciar suas atividades como empreendedor formalizado, uma ótima alternativa é buscar a orientação de um contador.

Ele poderá ajudá-lo a avaliar as opções disponíveis e escolher a mais vantajosa para o seu negócio, além de te ajudar na formalização e manutenção de suas rotinas.

Essas facilidades você pode adquirir com a Cibertec Contabilidade. É isso mesmo, temos especialistas capacitados para te ajudar na escolha e legalização do seu negócio.

Para que todo o processo seja efetivo e sem riscos, seja qual for a sua escolha, entre em contato conosco para podermos lidar com a burocracia para você!

PRESSIONE AQUI E TENHA APOIO ESPECIALIZADO PARA FORMALIZAR SUA ATIVIDADE COM AS MELHORES CONDIÇÕES!

Classifique nosso post
Summary
 MEI ou CNPJ: qual o mais vantajoso? Conheça as vantagens e desvantagens!
Article Name
MEI ou CNPJ: qual o mais vantajoso? Conheça as vantagens e desvantagens!
Description
Você sabe se é melhor ser MEI ou ter um CNPJ? Para decidir isso, é fundamental comparar as vantagens e desvantagens de cada um!
Author
Publisher Name
CIBERTEC - CONTABILIDADE, ASSESSORIA LTDA
Publisher Logo

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Escrituração Contábil Fiscal Você Sabe O Que é E Sua Importância - Cibertec Contabilidade e Assessoria | Rio Grande do Sul - Brasil

Escrituração Contábil Fiscal para PF: o guia completo!

Escrituração Contábil Fiscal para pessoa física: o que é e por que fazer? Aumente seu conhecimento sobre a Escrituração Contábil Fiscal e entenda sua importância para pessoa física. A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) para Pessoa Física é mais do que

Imposto De Renda Para Autônomoscomo Funciona Para Quem Preenche O Carnê Leão (1) - Cibertec Contabilidade e Assessoria | Rio Grande do Sul - Brasil

Imposto de Renda para autônomos: tudo sobre o carnê-leão!

Imposto de renda para autônomos: como funciona para quem preenche o carnê leão Descubra como autônomos podem lidar com o Imposto de Renda, incluindo o preenchimento do carnê-leão, deduções permitidas e prazos de pagamento, mantendo-se em conformidade com a legislação

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Saiba como uma empresa pode realizar a comprovação de renda…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Precisa de ajuda?